Video de sexo amador morena vagabunda adora uma pica durinha em sua xoxota gostosa do esposo com força de barretos – sp

28 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

28 seg

Categoria:

Tag: , ,

Video de sexo amador morena vagabunda adora uma pica durinha em sua xoxota gostosa do esposo com força de barretos – sp

Video de sexo amador morena vagabunda adora uma pica durinha em sua xoxota gostosa do esposo com força de barretos – sp

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Dei play em um video e fiquei vendo no notebook. "Depois da primeira transa ela se mostrou mais safadinha quando vinha para a consulta, quando estava vazio eu comia ela ali mesmo na maca, fechava o Box para o caso de alguém entrar, e comia ela bem gostoso, mas não socava com muita força pq já conheciaos gemidos dela, eu abria o jaleco colocava a rola para fora baixava a calça dela e colocava ela de quadro e fodia ela assim, as vezes quando estava cheio era só um boquete enquanto ela fazia o aparelho para tirar a dor nas costas, mas um dia foi muito louco, o consultório estava lotado, só um Box vago, e ela chega com o marido, me apresenta ele e ele sai para ficar aguardando ela fazer a fisioterapia, como sempre ponhoela no Box, fecho a porta, e assim que fecho ela me puxa me da um beijo e diz baixinho no meu ouvido, hoje quero que me coma com ele la fora, meu pau subiu na hora, mas falei que não dava estava muito cheio alguém ia ouvir, mas ela já tinha aberto meu jaleco e estava abrindo o zíper da minha calça, colocou meu pau para fora e chupou, ai toda razão já tinha sumido da minha mente, segurei ela pelo cabelo e fodi sua boca com meu pau, ela chupava como uma ninfomaníaca, e eu segurando para não gemer, ela parou de chupar levantou e tirou sua calça toda ficando so de calcinha e a camisa que estava, sentou na maca chegou a calcinha para o lado e me olhou, ela não precisou falar nada, passei a cabeça da minha rola no seu grelo, ela se estremeceu, falei no seu ouvido que ela não podia gemer, ela concordou com a cabeça e então eu meti nela, fui entrando bem devagar, sentindo sua boceta quente e melada de tesão, fui metendo mais forte e elame olhava com uma cara de devassa que minha vontade ela socar como um animal mas não podia, então segurei ela como frango assado e meti bem fundo nela, sempre olhandopara ela, fui socando mais forte, ela começou a revirar os olhos, quando senti que ela ia gozar, segurei ela pelos cabelos e dei um beijo nela para abafar qualquer gemido, senti seu corpo estremecer de com o gozo dela, e seus pelos arrepiarem, como sempre isso em deixa doido então soquei com mais força ela falou que queria o leite todo na sua boca, então tirei ela da maca, ela se ajoelhou com aquele olhar implorando por leite, gozei sua boca todinha, ela buscava minha porra com a língua depois de lamber minha porra toda ela engoliu tudo.

Algumas mulheres acumulam uma certa quantidade de gordurinha no bumbum e nas coxas, fazendo com que fiquem muito mais gostosas.

Foi quando ele fala: Sayuri, esse nome me deixou com muito tesao… Olhando vc, ninguém imaginaria que vc é uma puta…eu-e o que? nem precisa falar que você é “hetero” disso já sei"Olá vou aqui me identificar com um nome fictício de Maryllin tenho 21 anos, sou morena clara, 1,72 de altura, 66 quilos muito bem distribuídos, tenho um namorido de 30 anos estamos juntos há quase 5 anos, e ao contrário do que vocês possam imaginar nos damos super bem e somos muito felizes juntos ele é lindo, carinhoso, romântico, bom de cama, fiel ele é simplesmente perfeito. Não é uma festa de peão como aquela famosa de Barretos, mas dá um agito e tanto na cidadezinha!E eu tinha sido escolhida para ser uma das garotas que ficam de chapéu, botas, camisa xadrez e shortinho, desfilando e ajudando os vaqueiros depois que eles caem e se machucam um pouco.

– Chupa sua puta, chupa! Ela adora ser chupada.

uma vez que ela quem colocou a camisinha nele,como se ela estivesse dando o aval final pra toda aquela putaria ele estava quase gozando no oral, ele me levantou com tudo do chão, novamente me colocou sobre a mesa,dessa vez de bruços arrancou meu vestido,tirou minha calcinha,fiquei somente com os saltos, segurou meus cabelos, me deu uns bons tapas na xana, na bunda, e mandava eu empinar a bunda, mais e mais, levei muito tapa, como se fosse uma menina levada sendo punida por estar querendo tanto o pau dele dentro de mim, e como se ele estivesse lendo meus pensamentos ele socou toda aquela vara de uma só vez, sem charminho ou enrolações, minha xota estava pingando não foi tão difícil assim,ele foi um animal,me comeu, meteu gostoso , me puxava pelo cabelo na intenção de colocar cada vez mais fundo,me pegava pela cintura, aquele som característico, mas tão gostoso, arrepios percorrendo pelo meu corpo, não escutava mais a voz da Clara,estava escutando o encontro dos nossos corpos e sentindo o formigamento na base da minha coluna que antecede a um bom orgasmo,sem vergonha alguma incentivei entredentes:Fode,Fode,Fode sua vagabunda…Me deixa toda arrebentada,não para de me comer e mostra para a corna da tua esposa como que uma puta tem que dar!Ouvi os gemidos guturais do Carlos,e as ultimas bombadas que acompanharam com sincronia a minha explosão gozei muito gostoso,ele se jogou sobre mim e ficamos alguns segundos nessa posição, a Clara se aproximou, e deixou um beijo no meu ouvido.

Moro em um condomínio que não tem ainda gás encanado por ser antigo porém tradicional na capital que moro, certo dia o gás acabou e muito raro são as vezes que acaba sem meu esposo em casa…liguei pra ele e o mesmo disse que ia pedir e assim esperei…eu no meu ap fico sempre a vontade, mesmo morando no 10º andar, naquele dia quente eu estava de shortinho bem curto mesmo, transparente e fininho bem confortável, calcinha pp e blusinha sem sutiã ( tenho seios médios e firmes ) há não temos filhos.

SAimos dali e fomos direto pra um motel, entramos ao dwescer do carro comecei a beijar ela bem gostoso, entramos no quarto, eu beijando ela gostoso moredendo o pescoço ela começou a gemer gostoso, e a dizer que estava carente que o marido nao estva comendo ela direito, que o casamento nao estava bom, e eu beijando gostoso, mordendo, fui tirando a blusinha dela beijando os peitinhos, chupando eles todinhs bem gostoso, passei a mao na bucetinha por cima da calcinha e percebi que estava molhadinha, tirei a calcinha deitei ela na cama e cai de boca na bucetinha toda depiladinha, nossa ela se contorcia todinha, gemia gostoso ficava maluca, eu tirei a calça e fiquei so de cueca ela passando a mao no volume ficou maluca e falou nossa que rola grande, puxou ela pra fora, olhou e nao acreditou quando viu a rolona saltando pra fora, grande e grossa 19 cm de pica todinha ali na frente dela, ela começou a chupar, parecia que nao via uma rola a muito tempo, eu fiquei maluco com a boca dela na rola mamando gostoso, nossa que boca gostosa aquela, puxei ela pra cima deitei ela novamente beijei carinhosamente a boca dela, passei a mao na bucetinha, ela me olhou com carinha de tesao, carinha de quem esta dizendo me fode bem gostoso meu macho gostoso, eu olhei bem dentro dos olhos dela, e passei a rola na entradinha da bucetinha dela, ela deu um suspiro, um gemidinho gostoso me olhando nos olhos ainda, eu empurrei a cabecinha da rola, que entrou gostoso, parei e deixei ali na entradinha, ela quase chorando de tesao, me olhada e me chamava de gostoso, falava que pica gostosa, eu fui empurrando devagar até entrar todinha dentro, e parei um pouco, deixei ele la dentro e fiquei sentindo aquela bucetinha engolindo a pica todinha, olhei nos olhos dela e chamei ela de gostosa, dai passei a movimentar a rola dentro num vai e vem devagar, bem compassado pra ela sentir cada pedacinho da rola dentro dela, ela gemia gostoso, ficava maluca, começou a gemer alto, nao aguentei e mandei rola com força nela, bombava gostoso, ela urrava gostoso na rola, eu bombava cada vez mais forte, ela começou a gritar e a gosar gostoso na pica que gosada gostosa ela deu, eu dei uma diminuida mas mantive a rola dentro dela, deixei ela relaxar e voltei a movimentar bem devagar, e devagar fui metendo gostoso, e metendo, ela começou a gemer novamente na rola, e eu fui metendo e metendo ela louca de tesao começiou a gosar novamente, gousava igual uma louca na rola, a porra dela escorria e minha pica estava toda melada de goso dela, dai nao aguentei mais olhando aquela bucetinha toda melada e gosada, minha pica toda gosada do goso dela e minha pica inchou dentro dela e gosei gostoso, enchi a bucetinha dela de porra.

Levei as duas para o nosso quarto, e Kelly foi logo se deitando e abrindo as pernas, deixando sua xoxota toda escancarada, suplicando as caricias da Thais.