Video coroa buceta grande carimbando buceta na pica durinha para amigo bem gostoso de são paulo

1 min 8 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 8 seg

Categoria:

Tag:

Video coroa buceta grande carimbando buceta na pica durinha para amigo bem gostoso de são paulo

Video coroa buceta grande carimbando buceta na pica durinha para amigo bem gostoso de são paulo

E achei uma pegadora, ( mulher quer foder a sua mulher na sua frente), achei, liguei e marcamos pro dia seguinte,Na hora marcada ela chegou, Marcia , baixinha ,coxuda, seios pequenos e firmes ,bunduda e de cintura fina como a AnaTomamos umas cervejas e acertamos os termos, eu só comeria a Ana mas a Marcia tinha liberdade pro que quisesse, fomos pro quarto e de pronto tiramos as roupas,sentei nu numa cadeira e fiquei punhetando assistindo as duas de calcinha na minha cama, a Marcia começou a acariciar a Ana que estava ainda meio tímida com a nova experiência mas começou logo a se soltar,um beijo molhado e quente abriu as portas do tezão, sem muito esperar uma tirou a calcinha da outra bem devagar a Ana ficou deitada enquanto a Marcia beijava o corpo gostoso de minha gata, beijava seus firmes seios com delicadeza mas com vontade a Ana se contorcia de tezão sentindo seus dedos deslizarem por sua boceta melada, olhava admirado aquelas duas bundas gostosas se contorcendo na minha frente quando a Marcia caiu de boca na buceta do meu amor, um gemido mais forte de prazer se ouviu meu amor me olhou e me chamou, dei minha pica pra ela mamar gostoso como sempre faz enquanto ela era chupada na buceta pela Marcia, Marcia pegou minha mão e pos em sua buceta e enfiei meus dedos na puta que gemia , fui mamar a buceta da minha gata e a Marcia foi me mamar e punhetar , o que era pra ser só as duas virou um ménage , Ana sentou na minha pica e a Marcia na minha cara e as duas se beijavam e bolinavam os seios uma da outra enquanto eu fodia uma e chupava a outra, trocamos de posição de novo, deitado na cama com as duas me chupando e elas com as pernas entrelaçadas roçando as bucetas, que delicia viver isso, fui conduzindo e colequei as duas numa delicia de 69 loucura de chupada vigorosa entre as duas , línguas , dedos, e bucetas meladas, e a Ana explodiu, vou gozar, urrou já se derramando num gozo longo e gemido, a Marcia falou enfia esta pica em mim e enfiei, fodia aquela buceta ao mesmo tempo que minha esposa mamava a puta, vez em quando minha gata tirava meu pau da buceta da Marcia e me chupava pra depois por de novo na buceta da vadia, Marcia enfim anunciou seu gozo esporrento, urrou de prazer e se derramou na cara da minha gata, as duas já meio cansadas da pegada que elas se imporam ficaram de quatro na cama lado a lado e olhando pra trás minha Ana disse: vem da tua porra pra gente vem!Meti na minha gata primeiro e meti os dedos na Marcia que estava com a buceta melada e inxada , meus dedos deslizavam na buceta de uma e minha pica na buceta da outra e comecei a revezar, passei a fuder a Marcia e meter os dedos na Ana,Quando achei que já estava chegando ao fim da nossa putaria minha gata olhou pra trás e pediu pra meter na sua bunda, pedido atendido, meti no cuzinho gostoso da minha gata e o dedo no cuzinho da Marcia, algum tempo depois anunciei o gozo, minha gata virou o corpo e começou a me punhetar ate que gozei em seus seios, a Marcia veio e começou a roçar seus seios nos seios da minha gata se lambuzando também da minha porra e lambeu meu pau pra sugar as ultimas gotas de porra, exaustos fomos tomar banho os três e finalizamos a noite com cerveja e bate papo, acho que provavelmente ainda veremos a Marcia outras vezes. Tomei no cú de 5:00 da tarde ate 8:00 da noite hora que minha tia chegou da ‘igreja’ dizendo ela, pena que foi só de meu tio o coroa não deu tregua eu pedindo pra ele deixar Bené me comer e ele nada vou é minha putinha viadinho, não posso comer suas irmãs vai voce mesmo. Hoje em dia, ela é uma verdadeira puta, não existe hora e nem lugar, sempre faz de tudo pra deixar meu pau duro, e bate uma punhetinha pra mim, adora me dar de 4, pede tapas na bundinha durinha dela, e quando eu tiro dizendo que vou gozar ela senta na minha frente e manda eu gozar na cara dela, e depois da um belo sorriso com uma cara de safada satisfeita. ELE OLHOU- NOS OLHOS E DISSE NUM INGLES BRITANICO EU NÁO FALO SUA LINGUA PERDÁO, MELISSA ENTÁO RESPONDEU NA SUA TAMBEM NUM INGLES IMPECAVEL, MAS EU FALO A SUA, EST[A INTERESSADO EM ME COMER AQUI E AGORA, CASO TENHA UM PAU QUE ME AGRADE SORRIU ELA PARA O GRINGO, QUE RESPONDEU NÁO SEI SE VAI LHE AGRADAR E TIROU PARA FORA UMA ENORME PICA DURA E VERMELHA, TINHA UMA GRANDE CABE;A E ERA MUITO LARGA, MELISSA SORRIU APROVANDO A FERRAMENTA E APONTOU PARA O MEIO DAS PERNAS, O CARA ENTENDEU E SE AJOELHANDO COME;OU A CHUPA-LA O QUE FAZIA MUITO GOSTOSO, LOGO ELA COME;OU A REVIRAR OS OLHINHOS E A DAR GEMIDOS GOSTOS DEIXANDO A GALERA ENLOQUECIDA, A MULHER QUE A CHAMARA DE LOUCA AGORA NÁO FALAVA MAIS, SUA RESPIRA;ÁO ESTAVA ALTERADA PELO TEZÁO E ERA ACARICIADA PELO MARIDO, O CARA CONTINUAVA CUPANDO ENFIAVA A LINGUA O MAXIMO QUE PODIA NAQUE GRUTA QUENTE E UMDIDA, MELISSA COMECOU A SENTIR AS PERNAS TREMENDO E VIU QUE NÁO AGUENTARIA FICAR DE P[E, MAS NÁO QUERIA SENTAR, RESOLVEU INOVAR ESCOLHEU DOIS JOVENS QUE SE ENCONTRAVAM NA FRENTE E PEDIU PARA QUE A SEGURASSEM, FOI PRONTAMENTE ATENDIDA E LARGOU TODO PESO SOBRE OS RAPAZES QUE SE DELECIARAM E APROVEITARAM PARA FICAREM GRUDADOS NELA O MAXIMO, O CARA CHUPA E ELA GEMIA, DE VEZ ENQUANDO ENCOSTAVA O ROSTO NOS RAPAZES, E ESTES A SEGURAVAM COM CARINHO MAS FIRMES, SEM PERDEREM A CENA DA FRENTE, NISTO GRINGO PAROU DE CHUPA E SE LEVANTOU, E J[A APONTA SUA ARMA PARA PENETRA-LA QUANDO ELA DISSE QUE AINDA NÁO E PEDIU PARA UM DOS RAPAZES QUE A SEGURAVA QUE TIRASSE DO BOLSO DE SUA JAQUETA UMA CAMISINHA E ENTREGASSE AO GRINGO. E Por minha família na época não ter uma boa situação financeira eu resolvi arrumar um trabalho pra poder pagar o curso, e consegui de recepcionista num escritorio de advocacia do amigo do meu pai.

hoje levantei as 10h da manhã, tomei meu café e estava aqui vendo uns videos que me deixaram bem excitada…aqui no meu quarto tem uma varandinha toda de vidro que tem uma vista boa da rua q é bastante movimentada….

Caiu de boca no pinto de Paulo, chupando gulosamente e dizendo frases desconexas de tesão. De costa pra cima na cama e ganhei o pau de Joao na boca e Carlos vendo minha bunda , aproveitou e socou gostoso no rabo que recebia cada cms daquelas rolas.

Antônio, sugeriu para que fossemos para um motel, no começo me fiz de difícil e depois aceitei, chegando lá, ele abriu a porta do quarto para mim, e depois fechou eu senti um frio na barriga, estava em um motel com um homem desconhecido, porém extremamente sedutor, gostoso, seu sotaque me deixava mais e mais molhadinha, quando ele me chamava de gostosa e me abraçava por trás, eu sentia seu pênis duro na minha bunda, ele me virou e me beijou furiosamente, enfiava sua língua na minha boca, chupava minha língua e eu retribuía a todo aquele momento, ele tirou minha blusa, apertou meus seios, por cima do sutiã, depois colocou um seio para fora e chupou forte, mordeu, apertou eu gritei de tesão, era maravilhoso, sua língua sugava o biquinho com gosto, ele tirou meu sutiã, minha calça e quando notei ele estava só de cueca, ele me deitou na cama, abriu minhas pernas eu estava com um fio dental vermelho bem provocante, igual ao sutiã e como sou branquinha, destaca- se e muito, ele abriu minhas pernas e começou a passar a mão na minha buceta carnuda, minha buceta é rosada lisinha, carnuda e tem grandes lábios suculentos, sua mão percorria toda minha buceta completamente molhada de tesão, ele enfiou então um dedo, dentro dela, depois dois e acariciava meu grelinho, era mágico, gostoso, meu corpo tremeu e eu gozei nos seus dedos, ai ele começou a chupar minha buceta, chupava meu grelo, enfiava a língua dentro da minha buceta e dizia o quanto e eu era gostosa e o quanto meu bucetão era gostoso, ele chupou tanto, tanto que perdi a conta de quantas vezes gozei, então ele tirou a cueca e vi aquele pênis enorme de uns 22 centímetros diante de mim, era grosso e rosado, tinha uma cabeça grossa, estava latejando de prazer, então peguei ele com a mão e comecei a acariciar e sentir aquela pica enorme e grossa ele iria machucar minha buceta, mais eu estava tão excitada, que esqueci tal pensamento rapidamente, com Antônio de pé me coloquei de joelhos e comecei a mamar naquele homem, tentava colocar tudo na boca, porém não conseguia, era muito grande e grosso, ele metia sem piedade na minha boca, me engasgava me sufocava e eu adorava, me sentia uma verdadeira puta, então ele me levantou me deitou na cama, abriu minhas pernas, posicionou a cabeça daquela vara enorme na entrada da minha buceta e começou a rebolar eu gemia de tesão, então ele de uma só vez enfiou o pau em mim, eu gritei de dor, depois com os movimentos de vai e vem a dor foi diminuindo e me rendi ao prazer de ter um homem, gostoso, com pau enorme metendo em mim, Antonio meteu na minha buceta com vontade, socava no fundo da minha buceta, molho as calcinhas só de lembrar, ele me virou de quatro enfiou o dedo no meu cuzinho e continuou a meter na minha buceta, enfiava aquele pau freneticamente, fiquei naquela posição sendo possuída, por minutos, sua expressão era de prazer, tesão, desejo, loucura, quanto mais ele metia, mais ele queria, Antônio me colocou de ladinho chupou minha buceta e meteu sussurrando em meu ouvido o quanto eu era uma putinha gostosa da buceta mais gostosa que ele já havia provado, quando ele se cansou de me foder de lado, ele deitou de barriga pra cima e eu cavalguei naquele pau como uma égua no cio por minutos, rebolava como louca, ele apertava meus seios, apertava meu bumbum, mamava em meus seios, que eles ficaram todos doloridos, os biquinhos até sangraram, ele sugou tanto que parecia que ia me devorar, então ele começou a gemer forte e gozou dentro da minha buceta quente e toda dolorida, eu já havia gozado tanto, que mal aguentava minhas pernas.