Vadia peidando pela buceta

1 min 25 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 25 seg

Categoria:

Tag:

Vadia peidando pela buceta

Vadia peidando pela buceta

Levei outro susto quando senti a mão dele apertando minha bunda e logo depois a outra pegando no meu pau. Querendo mais e mais eu tava como uma cadela no cio e pedia pra ela comeu meu cu mais com toda forca que pudesse assim ela fez e eu gozei como se tivesse mijando e ela bebeu toda minha porra ai ela pegou o kct de 2 kbecas e colocou na minha buceta e na dela e ficamos nos fodendo por uma bom tempo ate gosarmos denovo e ficarmos exaustas e dormimos abracadas como se fosse uma so pessoa.

Ela se posicionou no sofá de quatro, olhou para nós e pediu para Claudia me ajudar a encontrar o caminho (que putinha), Claudia para de mamar e segurou o meu pau e foi me puxando, paramos atrás de Marcelinha, Claudia deu mais uma chupada, só que desse vez ela sugou, deixando meu pau com menos saliva possível , parou e foi colocando a cabeça do meu pau no cuzinho de Marcelinha, dizendo que ela gostava a seco e pediu para eu socar sem dó, para colocar tudo de uma vez na vadia dela, caralho fiquei loko e principalmente quando Marcelinha pediu para:M – Come meu cu sem dó, puxa a minha calcinha até a rebentar ela.

Ela foi me puxando pro sofá, e tirando minha camisa. abs"Bom irei relatar a vcs a historia de quando comi a mulher do meu melhor amigo. Todo sem jeito, balbuciou algumas palavras sobre meus seios.

Leticia e casada e morava com seu marido de 47 aqui em casa, pois o apartamento deles ainda não estava pronto, sempre tivemos respeito uns pelos outros da casa nunca ouve nenhum incidente exceto quando minha irmã brigou com o Leandro: Nesse dia eu estava na sala assistindo televisão sozinha com um camisola comportada cobria até metade da minha coxa, nada de mais estava usando uma calcinha transparente e como sempre e minha bucetinha lisinha, estava deitada no sofá quando ouvi eles brigarem e depois ouvi passos na escada imaginei que Leandro iria embora mas ele apenas se sentou no outro sofá de frente ao que eu estava, ele estava sem camisa e de bermuda de jogar futebol um pouco larga, ele não e nada bonito também não tem um corpo atlético resumindo nada atraente, ele se sentou e falou algo sobre a briga mas nem dei bola e continuei assistindo, já se passava das 00:30 da manhã ainda estávamos assistindo, a essa hora já estavam todos dormindo imagino eu, não nos falamos por um bom tempo apenas assistíamos a um filme (não me lembro qual), levantei e fui preparar um miojo, a cozinha fica bem ao lado da sala, cozinhando fiquei imaginando coisas e por um momento senti vontade de provocá-lo, foi ai que começou a brincadeira.