Sexo Amador Com A Esposa Dos Cornos

Sexo Amador Com A Esposa Dos Cornos

Sexo Amador Com A Esposa Dos Cornos

Era pequena, mas ela deu um jeito fenomenal. Aproveitei quando ela sugeriu que ficava já tarde e avisei que a deixaria em casa, fosse que hora fosse.

Afinal, até aquele dia, somente ele tivera o prazer de mamar na Carmen.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Como eu já havia me queimado, achava difícil me queimar mais-Só hoje…Por favor-Ta doido, claro que não. Em seguida, foi descendo, beijando os seus seios por cima do vestido, a sua barriga, o seu joelho e, de repente, enviou a mão por debaixo do vestido da minha esposa e ficou ali acariciando por u longo período.

Tá na hora dos cornos gozarem! Nossas namoradas começaram a nos chupar. Eu tampo a sua boca e falo para ela que o meu amigo não tem culpa, pois fui eu que o estimulei. Ele, então, lentamente, começou a tirar e empurrar, num vaivém que começou, aos poucos, a me devolver a ereção que a dor tinha afastado. O que eu faria ?Olhei para ela e como um gesto de desculpa , balançou seu braco e logo sentou-se perto de mim o suficiente para eu ver seu sutiã e um pedaço do seu seio.

Mas eles mudaram de cidade e aí ficamos tristes, sem saber se os novos futuros moradores seriam tão legais quanto ela. Pois bem, ela me mandou a foto e quando a vi percebi que era uma linda mulher de mais ou menos 35 anos muitíssimo conservada.

Hoje estou radiante de felicidade, pois finalmente consegui o queria, transar com a esposa do meu cunhado. O Maurício aumentou mais o ritmo das bombadas e suspirou fundo e alto, segurando nos meus peitinhos com tanta força que eu gritei, senti algo quentinho invadindo o meu cuzinho e ele urrando alto dando uma estocada mais funda e forte. Ele deu uma melada de saliva no meu cu e enfiou de uma vez seu pau no meu rabo guloso.

Repetimos nesses últimos dois meses, e essa semana ela terminou o noivado, segundo ela, porque não aguentava mais a sub-vida que levava.