Novinha Exibida Pt-03 Mostrando O Peito

visualizações

11 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Novinha Exibida Pt-03 Mostrando O Peito

Novinha Exibida Pt-03 Mostrando O Peito

Na hora não percebi pois não havia sirene ou luzes, fiquei ali chupando meu peguete e com minha bundinha arrebitada, com o vestido meio levantado já mostrando um pouco da minha tanguinha amarela. Fui andando a caminho da praia,haviam algumas pessoas pelas ruas e quando cheguei ao calçadão,senti o vento no meu rosto e corpo,andei um pouco até que resolvi sentar em um banco,fiquei alguns minutos sentado,vendo as gatinhas passarem até que me levantei para voltar pra casa e,quando estou próximo a saída para a rua de casa,vejo passar um mulherão,bronzeada,loira,estatura média,peitos firmes e uma bundinha muito gostosa que fez meu pau ficar duro na hora pois estava de cueca boxer e o tecido de minha bermuda era bem leve,o que denunciou meu tesão,tentei desfarçar colocando a camiseta que levei na frente pois não a vesti,continuava sem camisa por conta do calor mas ela havia visto meu volume e sorriu dizendo:Oi gato,você é daqui mesmo,está sozinho?. Morava sozinho em Brasília,vim de Minas Gerais para o Distrito Federal porque tinha me separado e muito decepcionado vim tentar uma vida nova chegando na capital do país aluguei um apartamento onde morei por 2 anos só, eu com meus 37 anos pensei vou viver na solidão, amo cozinhar e no apartamento de frente morava duas mulheres a mãe e a filha, a filha tinha 19 anos e nos víamos muito pouco é somente nos cumprimentamos até que um dia fui fazer uma pizza, afinal amo cozinhar, deixei assando e desci para comprar refrigerante quando me deparei com a vizinha de 18 anos e ela me disse ta cheirando pizza e parece deliciosa pelo cheiro eu disse que estava fazendo e ela já foi pedindo um pedaço, falei que tudobem e que levaria pra ela quando terminar e resumindo bati na porta dela é entreguei o pedaço ela adorou, depois ficamos amigos e ela me disse que sua mãe era enfermeira e as vezes ficava algumas noite só, uma certa noite ela bate na porta e pergunta se pode entrar eu disse só um momento, como adoro andar de sunga dentro de casa fui colocar bermuda, ela perguntou por causa da demora e expliquei então para minha surpresa ela disse se for sunga pode ficar pq estou acostumada a ver homens assim no clube, eu disse assim melhor então ela insistiu em me ver de sunga até que fui no quarto é retirei a bermuda, percebi seus olhares para minhas coxas grossas e o volume dentro da sunga afinal sou dotado,comemos, rumos, e ela começou a dizer coisas sobre sexo e disse que era evangélica e que nunca tinha ficado com homens, e ficava falando você deve ter muitas mulheres em seu pé, eu disse que trabalhava muito as vezes tinha uma ficante porque eu não era de ferro, ela disse vou lá em casa tomar banho posso ficar aqui vendo filmes até dar sono? Porque minha mãe foi trabalhar hj é n queria ficar sozinha, eu disse que tudo bem, ela foi tomar banho e eu também aproveitei e fui banhar também, quando ela volta vem com uma saia branca tecido mole e curta, eu fiquei meio paralisado meu pau deu um pulo na sunga e ela percebeu é brincou nossa como ele ficouenorme acho que ele me quer, fiquei sem palavras, então sem perca de tempo dei um abraço nela e apertei ele no corpo dela e meu pau pulsava tanto e a beijei loucamente, ela se esfregava em mim, fiquei louco de tesão puxei até meu quarto a joguei na cama, fui beijando seu pescoço tirei sua camisa é saia e vi aquele corpo de ninfeta novinha é nem acreditava, ela olhou nos meus olhos e disse sou toda sua faça o que quiser comigo, arranquei o sutiã é chupei delicadamente seus peitinhos duro, desci beijando seu copo até chegar em sua calcinha é mordi a beirada da calcinha e fui retirando com a boca, quando olhei sua buceta nossa bem carnudinha é com pelinhos desenhado parecia um cavanhaque, subi lambendo suas coxas, e abocanhei sua buceta atirava a língua nela com vontade fiquei chupando até que ela contorceu e gemeu alto, tinha gozado em minha boca, subi beijando seu corpo beijei novamente um beijo apaixonado e mamei novamente seus peitos, a coloquei de quatro e lambida sua buceta coxas e cuzinho, beijava suas costas, enfim dei um beijo de língua, ai tirei minha roupa e quando ela viu meu pau ela ficou paralisada e disse por isso as mulheres te adora, tenho um pau lindo grande cabeça vermelha e grande sem mancha é Carocinhos, sem nenhuma deformidades todo depiladinho ela começou a mamar meio atrapalhada mas fui ensinando até que ela passou a mamar bem gostoso, ele olhava pra mim com aquele olhar de menina inocente e safada é sorria enquanto devorava meu pau, pra minha surpresa ela disse quero que goza em minha boca, como demoro gozar eu disse depois gozo, ai peguei lubrificante e passei em sua bucetinha e fiquei esfregando na entradinha é fui enfiando devagar ela começou chorar baixinho e parei, perguntei se queria que parasse ela falou tá doendo muito mas eu quero muito você, então fui beijando e fazendo movimentos de vai e vem devagar até que sentir rompendo o ímem e fiquei parado dentro dela por um tempo, ela falou em meu ouvido meu bem pode me fuder agora já não dói muito, comecei a meter com vontade e ela gemia muito eu ficava louco, coloquei ela de quatro segurei seus cabelos dava tapas em sua bunda e metia com vontade ela gozou muito depois de fazermos em várias posições, tirei meu pau ela abriu a boca e gozei muito dentro daquela boquinha e pra minha surpresa ela engoliu tudo, fomos tomar banho e ficamos deitados nos beijando e a partir daquele dia uma noite sim é outra não ela sempre vinha dar pra mim, até que após um ano mais ou menos ela arrumou namorado da igreja e se casou.

Quando te peguei no colo e te deitei carinhosamente no tapete que ficava no centro da sala, beijei e te falei: agora vamos fazer todas aquelas sacanagens que falávamos nas nossas mensagens, estávamos loucos de tesão um pelo outro e vc me olhando com uma carinha muito safada, falou:""Quero fazer seus pensamentos irem a outra dimensãoOnde a luz dos teus olhos me tragam iluminaçãoQuero tocar sua pele ao som de R KellyE deslizar, minhas mãos pelo seu corpoTe fazer arrepiarQuero sussurrar no seu ouvido canções que te deixem no climaAmo seu corpo de mulher e jeito de meninaPassamos por estágios entre suspiros e conexões mentaisQuero fazer amor com seu corpo e a sua alma, em níveis dimensionaisTe fazer me implorar pra ficar e se tocar quando eu partirEsperando ansiosamente pela próxima vez que a gente se unirBeijar sua boca, te fazer querer tirar a roupa so do meu lábio com o seu encontrarAproveitar cada segundo e fazer bem devagarDescer pelo seu pescoço enquanto puxo o seu cabelo com vontadeTe satisfazer por completo, cada necessidadeLamber seus seios, causar devaneiosDeslizar pelo seu corpo uma pedra de geloComeçamos de noite e terminamos de manhãTe deixar encantada enquanto te devoro ao som de DjavanVai ser minha por uma noite, mas vai valer uma vidaTe coloco pra rebolar, te deixo ser exibidaVai ser minha serva submissa, tão bem recompensadaFazendo sexo selvagem e ao mesmo tempo sendo acariciadoFaça sua melhor cara de safada e esquece o mundo la foraE se entregue a colisão dos nossos mundos no momento de agoraIsso é mais que sexo, é uma perfeita fusãoTe colocando pra trabalhar, sem tempo pra distraçãoMinha boca passeia pelas suas coxasChupões te deixando roxaTe deixando tão excitada, quanto a primeira vez de uma inexperiente moçaEssa cama é nosso palco, você a atração principalTe fazendo perder a noção entre o real e o surreal"Ouça o que aconteceu naquele banheiro em:Então comecei a brincar com o pau dele que logo saiu pra fora já duro, só que precisavamos secar eles e assim fizemos.