Namoradinha Se Acabando Na Vara

3 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Namoradinha Se Acabando Na Vara

Namoradinha Se Acabando Na Vara

""Ola meu nome e Gabriel tenho 21 anos e os fatos que eu estarei contanto neste conto acontecerão entre meus 14 e 15 anoseu tinha 1,57 sim baixinho hehepenis 15,6 cm mais ou menosCorpo definido, tanquinho trincado Coxas grossas Bumbum empinado e durinho braços bem Fortesem fim, vamos começarquando eu tinha 14 anos e alguns meses eu me mudei de cidade para a cidade onde minha mãe morava e na nova escola conheci muitas garotas e uma me chamou a atençãoeu certamente não sei explicar o porque mas depois que eu a conheci descobri que ela era sádica tanto quanto eu era masoquista dez de pequeno eu sempre gostei de levar aquela arranhada nas costas das minhas namoradinhas e dos meus amiguinhos, mas esse assunto vamos deixar para outro contobom ela era baixinha sim mais ou menos alguns cm mais baixa que euela tinha cabelos compridos quase no bumbum coxas definidas cabelos castanhos com mexas naturais seios médios que cabem na palma da mão aim como amo peitinhos assim :3 heheh bundinha bem empinadinha e um rostinho lindo.

tomei um banho e disse a ela, que não adiantava insistir que se não a tivesse em meus braços não emprestaria o dinheiro, carina entrou no meu quarto eu estava acabando de colocar a bermuda ela chegou me ver só de cueca, mas não saiu do quarto, me aproximei dela e pedi um beijo, ela tentou se esquivar e eu disse: tá vendo você quer que eu te ajude mas foge de mim, ela sempre repetindo as mesmas palavras disse que me beijaria mas não iria transar comigo pois não poderia fazer isso com sua irmã, então envolvi minha cunhadinha gostosa em meus braços e ao mesmo tempo em que a beijava já fui passando a mão em todo seu corpo, principalmente nos seios e na bunda que é redondinha uma verdadeira delicia, ela se afastou e eu me aproximei e beijei-lhe novamente que boca gostosa, que saliva doce, eu não acreditava que aquilo estivesse acontecendo eram mais de 10 anos de tesão nessa mulher maravilhosa, então enlacei-a pela cintura e deitei-a na minha cama, ela ficou apavorada com medo de que alguém chegasse mas a acalmei, novamente comecei a beijar o rosto a boca o pescoço de minha cunhada, então prendi suas duas mãos no colchão e puxei um de seus seios pra fora, gente que teta maravilhosa de média pra grande, branquinha e com auréulas rosadas, xupei como um desesperado enquanto esfregava meu pau duro na boceta dela sem tirar-mos a roupa.