Minha Esposa Passando Mal

71 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

71 seg

Categoria:

Tag: ,

Minha Esposa Passando Mal

Minha Esposa Passando Mal

"Boa noite e meu primeiro conto aqui entao espero ser claro e que voces gostem, pois bem me casei cedo e ela e ta igreja e então sexo so o convencional, usarei nomes falsos deixa eu me apresentar me chamo Diego na época eu tinha 23 anos sou Moreno 1,79 e com 90 kg eu já não vinha com o casamento legal pois eu queria algo a mais foi então que conhecia a Fernanda numa sala de bate-papo meses de passaram e as coisas ficaram quentes primeiro mês conversar depois nas fotos, passamos pra web e até sexo virtual entao não aguardávamos mais e fomos nos encontrar no caju rj um lugar bem movimentado ela era casada também mais falava que o marido não a agradava na cama então no encontro nos vimos e conversamos por uns 5 minutos e não aguentamos vamos pra um motel eu cheio de tara de tudo que falei,vi e ouvi ja sabia oq fazer quando entramos eu fechei a porta e ela nem teve reação pois eu já a peguei por trás colocando ela contra a parede e segurando seu cabelo já apertando seus saio que eram durinho que por sinal ela tinha leitinho pequenos e uma bundinha pequena mais uma buceta e um cu maravilhoso ela já sabia o que eu queria mais ela nunca tinha feito anal ainda então ela falava vai acaba com sua puta eu joguei ela na cama e comecei a chupar sua buceta lisinha e seu grelinho alta se virava de lado para o outro gemendo e gritando vai acaba com a sua puta e eu comecei alternar em chupar seu cu e a buceta ai ela eloqueceu de verdade segurava minha cabeça forçando contra a sua buceta e falava vai me faz gozar e quando percebi estava contraindo seu corpo e liberando seu melzinho na minha boca ela ficou toda mole na cama eu então pequei sua cabeça e truxe até meu pau e já fui enfiando na sua boca ela chupava como se fosse uma Bezerra eu urrava pois ela chupava e olhava pra mim quando mais eu urrava ela chupava com mais vontade depois de uma 5min eu não aguentei e gozei na sua boca ela se assustou pois seu marido nunca gozou na b9ca dela mais ela estava louca continuava a chupar e derrepente ela parou olhou pra mim com meu pau na boca e engoliu aquilo me deu um tezao que ja tirei e fui logo botando ela de quatro e metendo numa estocada so meu pau todo na sua buceta eu metia como um animal meu pau entrava e sai meu saco batia na bunda dela eu segurava seu cabelo e batia na sua bunda ela estava louco ja tinha uns 20 min e ela tava quase gozando ai me aproveitei ela gritou vai caralho vai que vou gozar porraaaa eu então parei e fiquei com meu pau todo dentro dela ela ficou puta e gritava vai caralho me fode arromba sua puta me fode caralho quero gozar eu fui no ouvidinho dela e disse quer gozar minha puta quer e ela com a voz trêmula disse quero me fode vai eu disse me da oq eu quero sa não eu paro agora e vou embora ela começou a balançar a cabeça enorma de não eu voltei a meter nela e ela urrava isso caralho vaiiiii vou gozar porra eu parei ela louca falava ai caralho me faz gozar e eu então falei implora pra mim comer seu cu ela louca olhou e disso vai arromba meu cu seu filho da puta eu peguei e encostei meu pau no cuzinho virgem dela e eu brincava passando o pai no cu e na buceta até que ela abixou a cabeça deixando sua bunda bem empinada e falou vai caralho seu filho da puta come esse cu eu encostei e forcei um pouco mais estava muito apertado mais ela estava louca e gritou vai caralho soca no meu cu porraaaa eu então forcei e ela veio com o cu contra meu pau no que entrou de uma vez ela gritou caralhoooooo filho da puta de me rasgando Eu parei ela me deu um tapa e disso agora acaba comigo e me faz de sua puta ai eu comecei a bombar ela louca gritava isso caralho que delícia foda meu faz virar sua puta quando eu sentir seu cu contraindo meu pau dentro do seu cu e no que ela levantou a cabeça e urrou caralhoooooo to gozandoSei filho da puta e gozou mouito pelo cu no que eu comecei a meter três dados na sua buceta e fudia junto com meu pau no cu dela ela ficou louco e gritava caralho to gozando pelo cu e pela buceta ela começou a gozar feito louca eu então medo fundo e gozei ela apertava meu pau com o cu e a buceta contra mais dados eu então enchi o cu dela de porra vai pro lado e respirando ofegante ela virou e falou meu cu e seu todo seu… espero que gostem até a próxima. Volte pra casa com a boceta vermelha e dê bastante o arinho afinal se o marido manda a esposa só volta pra casa comidinha. Respirei um hálito quente, sobre a calcinha molhada…mordi de leve, os lábios da bucetinha depilada, sentindo o cheiro agradável…a tanguinha transparente deixava ver os lábios inchados e o tecido encharcado pelo mel que corria…afastei para o lado e ela se abriu…a luz das mesas de trabalho, iluminava o corpo quente, daquela mulher cheia de tesão…adorei ver aqueles lábios inchados e molhados…fui mordendo e beijando…lábio com lábio…minha lingua desejava sugar aquele líquido gostoso que levemente escorria …esfreguei a língua e senti sua mão na minha nuca, puxar minha cabeça e apertar contra a sua bucetinha…minha lingua entrou toda, fazendo soltar gemidos altos…minha boca sentiu o sabor daquele mel, que escorria e se misturava com minha saliva…Ai, que tesão te comer, meu amor!…Uma mulher dominadora, havia me feito escravo no meio das suas pernas…Me sufocava e eu adorava…minha mão masturbava meu pau, que pingava um liquido lubrificante…Ela notou e tirou minha boca toda melada da bucetinha, me puxou num beijo desesperado, lambendo minha boca com a lingua…meu pau encostou na entradinha…senti na ponta, o calor daqueles lábios inchados… sua mão, ajeitou ele na entrada e me puxou pra dentro , soltando um gemido gostoso…Estava eu ali, de joelhos, fodendo ela sentada na cadeira…ela toda aberta, sentia o pau duro entrar todo…Olha, minha puta gostosa…ele some dentro de ti…ela olhava e delirava…Seu rosto se contraia de tesão, vendo o pau entrar e sair…Quero ele…por favor…quero chupar !Me tirou de dentro e fez eu ficar de pé….