Mais Um Video Caseiro Novinha Muito Linda Santa Na Rola Enquanto Seu Marido Corno Grava Rio De Janeiro – Rj

58 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

58 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Mais Um Video Caseiro Novinha Muito Linda Santa Na Rola Enquanto Seu Marido Corno Grava Rio De Janeiro – Rj

Mais Um Video Caseiro Novinha Muito Linda Santa Na Rola Enquanto Seu Marido Corno Grava Rio De Janeiro – Rj

""Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo. Arredo o banco para trás e começamos a nos beijar, minha mente a mil pensa ( O QUE ESTOU FAZENDO? beijando, uma pessoa que nunca vi, que me aborda na rua, e ainda mais, um travesti ?! )""Eu gemia de prazer, com os olhos fechados enquanto ele metia, colocando todo o pau até o final e o tirando novamente, de forma lenta e deliberada.

– Seu idiota! Num sabe que caçar é proibido?!Depois de ler este conto, acesse o vídeo em:Depois de muitas conversas e várias discussões minha esposa passou a entender que também sentia falta de algo novo e mais quente, entretanto havia ao longo da vida adquirido padrões vitorianos de liberdade sexual, para entenderem até mesmo se tocar ela ainda não dominava e nem mesmo sentia o prazer de verdade que isso pode dar.

Teve um momento que ele enfiou dois dedos na buceta dela e os dedos ficaram lambuzados de tanto gozo dela,ele a proximou os dedos da minha boca e mandou eu chupar os dedos dele;chupei uma a um e ele me chamou de corno safado. Eu fiquei em casa e por isso, o caseiro teve de dirigir o segundo carro, pois eram muitas pessoas. Tratava-me com respeito, mas ao mesmo tempo sempre flagrava seus olhos medindo meus shorts enquanto brincava, ou quando bebia umas cervejas e os abraços eram mais apertados, como se quisesse sentir todo meu corpo. Ao nos aproximarmos minha esposa pediu que eu encostasse para falarmos com ela, encostei a moto em que andávamos e ela perguntou quanto era um programa a três, ao que o travesti falou que era R$ 50,00, ela então perguntou se ela era ativa e passiva e qual o tamanho do seu pau, o travesti respondeu que era ativa e passiva e que seu pau tinha 18cm e era bem grosso, ela ficou logo doida para ver ali mesmo e o travesti levantou a mini saia e mostrou sua bunda linda, minha mulher não resistiu e disse que estava combinado iríamos levá-la para casa para transarmos os três.

senti que ia gozar direcionei a cabeça do meu pau bem no rosto de Maria eter um belo corpo gosto de usar roupas curtas, eu moro em uma casa muitoCheguei na rodoviária meia-noite e o ônibus dele chegaria nesse horário, ele estaria usando uma camisa vermelha de mangas longas, comecei a procurar e nada, noto que um rapaz da idade de meu filho começou a me “comer com os olhos”, fiquei feliz, pois sempre fazia sexo, com rapazes, um dos motivos pelo qual me separei de meu marido. Abaixei a cueca marrom que ele vestia e seu órgão saltou em minha face, torto para a direito, que raro, e moreno como sua pele, suas bolas eram muito escuras, me davam até vontade de lamber. A cinco anos numa sexta feira a noite 24 de novembro em uma boate GLS em Santa Cruz. Quando chegou o final de ano nossos amigos foram passar férias com suas famílias, mas Roberto haveria de voltar em meados de janeiro para trabalhar e providenciar a mudança do casal para SP, para onde havia sido transferido.