Larissa Toda Melada Com O Namorado Masturbando Sua Bucetinha

5 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , ,

Larissa Toda Melada Com O Namorado Masturbando Sua Bucetinha

Larissa Toda Melada Com O Namorado Masturbando Sua Bucetinha

Até os 18 anos eu ainda era virgem e não tinha namorados, tinha paqueras rápidas com os meninos do condominio que sempre acabavam resultando em cintadas para mim, meu corpo também ainda não era ainda muito desenvolvido, mas dos dezoito aos dezenove anos minhas formas deram um salto de repente, passei de menina magrela para novinha gostosa, foi quando meus maiores problemas começaram com os rapazes loucos para me comer e o papai fazendo guarda feroz!Naquela época notei uma mudança radical em papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora.

Aquela língua entrava e saia da sua bucetinha, e você começou a rebolar e quanto mais rebolava, mais calor parecia sentir, começou a gemer sem parar e quanto mais gemia, mais eu fodia sua buceta com a língua. Só me aliviava me masturbando e fantasiando uma transa animal com Carlos. "Depois que eu dei a minha primeira gozada, naquele pau gostoso, ele mandou que eu ficasse de quatro e meteu o pau na minha bucetinha, como que ela já estava toda melada, aquele pau grosso, entrou sem fazer muita força, meu sogro começou a socar com força e me levou a loucura, quando ele viu que eu tinha dado outra gozada, ele tirou o pau da minha bucetinha e começou a socar no meu cuzinho, que até naquele momento, ainda era virgem, até chorei de dor e vi estrelas, quando aquela cabeça enorme passou, mas ele estava tão tarado que nem ligou e ainda falou agora você vai ver o que é um homem de verdade e foi empurrando e socando, aquele pau grosso no meu cuzinho, primeiro ele foi empurrando devagar, mas foi sem parar. Na minha turma a maioria os alunos é formado por mulheres com idade que vária de 17 pra mais, recentemente uma nova aluna entrou na turma vindo transferida de um polo da faculdade em outra cidade, impossível só de olhar pensar que ela seria apenas mais uma, Larissa tinha uma beleza incomum, cabelos castanhos lisos, pele branca, seios médios e um bumbum normal, nada fora do comum além de usar óculos de armação grossa, seus cabelos longos davam um ar ainda mais envolvente a ela isso combinando com o perfume, inteligência a deixavam ainda mais atraente logo na primeira semana, não conversamos nada na primeira semana, só sabia seu nome pela chamada e imaginei que ela deveria ter no máximo 19 anos.