Esse Negão é Um Jumento A Rola Dele é Tão Grande Que Arrebentou Minha Buceta

Esse Negão é Um Jumento A Rola Dele é Tão Grande Que Arrebentou Minha Buceta

Esse Negão é Um Jumento A Rola Dele é Tão Grande Que Arrebentou Minha Buceta

Foi quando engasguei! Ela disse, calma, você acostuma! Eu fiquei sem graça, mas segui chupando aquela enorme pica, maravilhosa! Eu alternava, chupadas, lambidas, acariciava as bolas e ela foi ficando louca de tesão! Minha boca já não aguentava mais chupar aquele pauzão!E depois de uns 15 minutos ela disse que iria gozar! Tirou o pau da minha boca e esguichou aquele leite quente, gostoso, na minha cara! E cheguei a gritar de tesão com o banho de porra que tomou! E claro, meu pau já estalava de duro!Foi quando ela buscou uma fita métrica e disse, você não sabe medir seu pau! E colocou a fita nele e disse, tem quase 20CM (19,5)! Eu fiquei feliz e disse: Acho que só você conseguiu deixar ela tão grande! E falei, e a sua máquina quanto mede? Ela disse, 23CM. Depois de um tempo levantei, peguei Júlio deite ele na cama e subi em cima dele toda molhadinha de tesão comecei a esfregar naquele pau enorme, nossa acho q ali mesmo gozei peguei ele com a mão e comecei a passar na entrada da minha buceta, que por sinal tem os lábios bem carnudos, mas a cabeça dele era muito grande comecei a introduzir bem devagar mas a cabeça tive que forçar um pouco para entrar, então Luiz me deu seu pau para chupar e sentir meu marido lambendo e enfiando a língua em meu cuzinho nossa nesse momento acho q gozei de novo, só de saber que meu maridinho estava cara a cara com aquela tora e querendo me ajudar, ai fui sentando bem devagar e ela me preenchendo e me alargando todinha, sentia dor mais minha boca estava ocupada para gemer, mas continuei até a cabeça entrar todinha ai eu parei com ela toda dentro de mim, meu marido enfiou os dois dedos no meu cuzinho e eu com a pica do Luiz na boca. "Tenho “18 anos” hoje em diaUma noite ele veio com o seu notebook e me mostrou sites e blogs sobre os caras que fantasiavam serem cornos, como este aqui em que publico minha história e vi que isso é bem comum, apesar de achar esquisito: concordar em dar a esposa para outro homem, assistir tudo e ainda gostar disso…afinal, eles ainda amam suas esposas ?Ele ficou doidinho, de pau duro e que surpresa, o cara era um jumento discreto…….

vc tb tirou minha blusa e falou: seja lá como vc quizer, deixa acontecer o que tem que acontecer, baixou minha calça para deixar meu negão livre para vc que continuava segurando ele , eu fui tirando sua saia e vc dificultou e te disse quero vc assim como eu, tirei minha calça e fiquei nu e te apertava e falei: vamos gostosa nesse perigo marcar nosso lance, vc que já estava excitadíssima falou: faça o que quizer negão porque estou aqui para o que der e vier, tirei sua saia e pela primeira vez te vejo ao vivo toda destampadinha, que delicia, que corpo sedutor e fui beijando todo seu corpo, depois abachei o banco que eu estava e me deitei ao contrario com os pés para virado para trazeira e falei: vem gostosa co loca sua bucetinha toda inchadinha aqui na minha boca, porque vou enchugar ela com minha língua, vou sugar todo seu mel. Saímos do bar de mãos dadas e assim que saímos ele me puxou e aí sim fez aquilo tudo que eu esperava: me beijou cheio de vontade, me apertou contra a parede e deixou que eu sentisse todo o corpo dele contra o meu; as mãos dele começaram a percorrer todo o meu corpo, apertar minha bunda, puxar o meu cabelo, erguer a minha perna pra encaixar o corpo dele e eu ficava cada vez mais molhada.

Aí eu fiquei todo solto– Se você quiser eu te mostro! –"-É, com o tempo vc se adpita, o povo aqui é bom!!"Ele me comeu de quatro, enfiou aquela naba no meu rabo e arrebentou com minhas pregas.