Crente Pagando Uma Gulosa Pro Namorado

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Crente Pagando Uma Gulosa Pro Namorado

Crente Pagando Uma Gulosa Pro Namorado

A Paula estava super feliz, e chegou o dia, eu e a Paula fomos à rodoviária esperar a Hellen, quando chegamos o Cassius já me esperava para almoçar, ele praticamente despiu a garota com aquele olhar de lobo saboreando sua presa. Em seguida ouvi ruídos de beijos, gemidos, pé a pé fui esgueirando até a porta de onde saiam os sons e o que vi me deixou perplexa; meu marido de pé, com as calças arriadas, cueca abaixada, tinha uma mulher ajoelhada chupando gulosamente o seu pinto.

Tirei o pau dele para fora do short e coloquei ele todo dentro de minha boca enquanto ele puxava o meu cabelo e me chamava de vadia.

A crente puta sentou no meu pau com vontade enquanto eu dava tapas na bunda dela, assim foi até eu gozar. O padre delirava a cada rolada que ele mandava sentindo o cuzinho dela. E assim aconteceu ela falou que viria para passar uma semana junto com o namorado e assim ficou marcado. Quando voltei pra casa depois de banho bem tomando, beijei gostoso meu lindo marido depois que passei o dia com seu namorado.

Logo ela estava ajoelhada na minha frente pagando mais um delicioso boquete.

Foi ao seu e a encontrou em sua cama, só de calcinha, exalando um cheiro delicioso de sexo. queria me fuder! Então eu mandei ele subir quando eu chegasse. Não era muito trabalho para ela, moça ainda, forte. Bateu um arrependimento e tive vontade de chorar, enquanto me enxugava. Fizemos todas as posições possíveis e o tesão só aumentava, fodemos gostoso duas vezes. Ela começou a gemer de maneira mais gutural e perdeu o ritmo da cavalgada agora alternando a velocidade mas mantendo a força sempre que possível.

Senti o peso daquela responsabilidade, eu 3 anos mais nova já havia tido minha primeira experiência; mas se eu estava tensa não poderia demonstrar.

Ela disse achar Gabi muito nova e estava com medo de perder o respeito de suas filhas.

Ela sentia falta de um parceiro alguém que fizesse companhia a ela e matasse os desejos dela.