Comendo a buceta da ex

23 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

23 seg

Categoria:

Tag: ,

Comendo a buceta da ex

Comendo a buceta da ex

Em troca, claro, ofereci arcar com os custos de uma escola particular e um preparatório pro futuro vestibular.

Aproveitei a oportunidade para jogar todo o meu “charme” em cima daquela linda mulher: “A senhora disse querendo seduzir.

"Beto ficou por baixo, Mauro por cima e a Josi na filmagem, pois é… agora tenho uma dp inteirinha filmada do começo ao fim, mas na hora nem percebi rs, senti os dois paus dentro de mim e já estava morrendo de tesão do sexo anal combinado com chupada, tentei me segurar mas com o Mauro comendo meu cuzinho e gemendo, puxando meu cabelo, e o Beto me beijando, me lambendo, e os dois paus dentro de mim, logo perdi toda a razão e gozei horrores.

Um dedo e já escorria lágrimas dos olhos da menina, ela estava ofegante tentando aguentar a dor como uma heroína:-Olha Mariangela, eu acho que não vai dar, eu sou bem dotado, arrombei tua prima que pelo visto já estava cansada de dar o rabo,você não está preparada…Ela ficou bem chateada, até um pouco envergonhada, choramingando ficou pedindo como criança:-Mas papai, eu quero…você sempre dá um jeito…pode forçar eu juro que aguento…não vou chorar nem gritar…É… a menina queria mesmo, mas não sou irresponsável além disso mesmo safadinha e querendo complicar minha vida é minha filha! Não pretendia estourar o cúzinho dela, não mesmo!-Olhe minha filha, vamos nos divertir. Perdi minha virgindade aos 18 anos com ele, e até o início deste ano(2015) era o único homem com quem eu já havia tido relações. ela tomou de mim, olhou pra baixo e colocando sua mao por dentro do meu calção, segurou forte no meu cacete… foi então que ela se abaixou… e de joelhos, enfiou minha rola na boca… que delícia de lingua quentinha… ela circulava a lingua por toda a cabeçinha… e sugava como se quisesse beber do meu gozo… mas eu segurei… o meu desejo mesmo era de gozar na sua linda buceta.

"– Natalia: Eu, eu… pensei que você não notasse.

Certo dia um cara que era de um grupo de uns amigos, no whatsapp, nós nos conhecíamos, tínhamos se visto uma vez ou outra, porém nunca tínhamos conversado.

Eu explicava tudo sobre iluminação e quando as fotos eram reveladas (eu mesmo as revelava, porque fazia os alunos trabalharem com filmes preto e branco), Bruno aparecia sempre como o melhor, em termos de composição, enquadramento e luz.

Então desamarrei o sutiã, mas continuei com a camiseta em cima dos seios.