Bunduda foi pro mato e deu buceta

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Bunduda foi pro mato e deu buceta

Bunduda foi pro mato e deu buceta

A raimundinha mamou na minha piroca durante uns 15minutos, então eu disse: Agora quero ver esse bundão gostoso, no mesmo momento ela virou aquele cu enorme pra mim, abaixei suas calças, coloquei a raimunda de 4, e fiz uma coisa que jamais havia feito antes: Comecei já comendo o cu da raimunda bunduda, ela deu uma gemidinha, e comecei a carcar o cuzinho dela, sem dó nem piedade, eu ali em pé destruindo aquela raimunda feinha com uma bunda enorme, comi o cu dela por quase 30 minutos, mandei-a a ajoelhar em minha frente e enchi a boca dela de porra, nao batia punheta a uns 3 dias, então o volume de porra foi insano, ela de joelhos, destruida com a cara cheia de porra, e eu ali o macho alpha, com meu pau de cavalo em pé em sua frente, foi ai que disse:– Voce não acha que eu acabei né?Ela olhou com uma cara de assutada e disse:– Eu não aguento mais senhor, desculpa.

Quando ela abriu a porta notei que tava tudo escuro, ao acender a luz, ela estava com uma fantasia de enfermeira, a coisa mais deliciosa do mundo, nesse momento esqueci tudo a minha volta e fui logo agarrando ela tirando a minha roupa e acariciando aquele corpo maravilhoso que tava ali todinho só pra mim, sua buceta estava tão molhada que eu quase gozei só de acariciar, quando comecei a penetrar fui com todo o carinho do mundo, mais comecei a ser mais agressivo e percebi que ela gostava mais e mais, coloquei ela de quatro e fui colocando com muita fora e muito prazer e ela gozava e gemia e meu prazer aumentava estava prestes a gozar retirei meu pau e comecei a colocar em seu cuzinho, ela disse que nunca tinha feito, então consegui convence-la , ela então me disse que quando fosse gozar ela queria que fosse na sua boca, o cuzinho dela era tão apertado que depois de algumas estocadas, me veio aquela vontade gigante de gozar, tirei aquele preservativo e coloquei meu pau naquela boca macia e carnuda, depois de um boquete maravilhoso não consegui me segurar e deixei todo aquele leite jorrar dentro da boca dela, ela engoliu como se fosse um manjar, e disse que aquela seria a primeira de muitas.