Amadora Gostosa Sentando Na Rola

Amadora Gostosa Sentando Na Rola

Amadora Gostosa Sentando Na Rola

Ela me amarrou em pé com as pernas abertas e os braços ammarrador à uma estrututa metálica presa ao teto. Quanto olhei para trás ele totalmente ereto, o pau dele devia ter uns 24cm e razoavelmente grosso, me posicionei de quatro e ele veio devagar começou a empurrar a cabeça para dentro devagar, pude sentir minhas pregas terminando de arrebentar, se antes já tinha poucas agora fiquei sem nenhuma rs.

Era, realmente, grande e ela o chupou com gosto. Eu, calada, mas me contorcendo, em silencio, e imaginava aquela samba canção com todo aquele volume tocando a minha calcinha, que sempre estava toda molhada pra sentir ele todo. Eu tentei dizer a senha para parar com a sessão, mas não consegui. E ele tirou o sutiã e a calcinha mostrado a bucetona.

Foi ficando tarde e o pessoal começou a ir embora, então dissemos à Júlia que não se preocupasse que nós levaríamos ela para casa. Quando ela o viu, deu um sorriso.

Ao entrar no quarto o negão me jogou na cama e tirou minha roupa, me deixando apenas de calcinha.

"É muito gratificante ter uma amante que gosta do perigo e quando solta o seu um porcento vagabundinha, deixa as sacanagem rolar, me beija na boca quando te levo a bailar e: vc se deliciando das danças sensuais e sacana que fazia com minha coxa atritando as suas e dando umas paradinhas para vc sentir como se fosse uma penetracao, meu negão esfregando em vc, minhas maos lisando sua costa deslizando e chegando na separação das bandas da gostosa bunda, “muito tesão passar as mão na sua bunda”, eu falando no seu ouvido de quanto vc já me atraiu a desejar um sarro como estamos fazendo agora.

Ele disse se sentando no sofá.

Ela engoliu tudo, lambeu todo o líquido que saiu de sua boca.

Daí criei coragem e a convidei pra sair.

Tranquei a porta e nos deitamos na cama.

Ela se apoiou na mesa, com os dois braços, e eu coloquei a camisinha rapidamente, e voltei a beijar.