Amador brasileiro mulher pelada rebolando pelada mostrando o cuzinho e a buceta do negao do rj

32 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

32 seg

Categoria:

Tag:

Amador brasileiro mulher pelada rebolando pelada mostrando o cuzinho e a buceta do negao do rj

Amador brasileiro mulher pelada rebolando pelada mostrando o cuzinho e a buceta do negao do rj

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

As mulheres decidiram ir deitar e se retiraram.

Sandra ficou assustada e disse:-Eles vão querer te comer!!Rebeca: -Eu deixo! Tu viu o pau daquele negão??E foi! Eu deixei.

Lucas já foi chupando minha bucetinha e meu cuzinho me deixando bem meladinha e logo já foi metendo sua rola em minha bucetinha quentinha enquanto eu mamava o rodrigo.

Quando a vi pela primeira vez a primeira coisa que fiz foi acompanhar as linhas do seu corpo minuciosamente, pois ela usava um blusinha curta mostrando a barriguinha e uma calça leg que de tão apertada me fazia ficar com o olhar fixo no volume daquela bucetinha maravilhosa e pensando comigo: “ah… que votade de dar uma mordidinha nessa buceta maravilhosa”.

e deu uma olhada na buceta dela, abrindo pra ver. Sou português e como tal peço desculpa se algum termo que usar, não for familiar ao povo brasileiro que domina este site.

Como ela não se importou que eu a visse pelada, tirei me short e ela quando viu meu piru durão falou:Este conto é ficção, mas se alguém ler e gostar, por favor, vote nele, e se alguém quiser enviar comentários ou trocar idéias é só me mandar um e-mai. Ela disse: pois então eu vou dar minha buceta pra você… Ela mesmo acabou de tirar minha roupa, deixando-me totalmente nu, tirou a roupa dela também, ficando pelada, deitou-se de costas, abriu bem as pernas, com uma mão ela pegou no meu pau e com a outra ela abriu a buceta pra mim e ela mesmo se encarregou de dirigir meu pau para dentro… Entrou tudo de uma vez porque ela estava super molhada de tesão…. A noite e foi posar em minha casa, nos deitamos junto, ele desligou a televisao e apagou a luz, ele comecou a pegar em mim e a me beijar o corpo, eu ainda estava um pouco receioso, mas o tesao falava mais alto (em tempo quando eramos adolescentes sempre ele era minha putinha, canssei de gozar na bundinha dele), ele me bolinou, me chupou, nunca tinha sentindo uma boca tao gostosa quando a dele, ele queria que queria que eu o comesse, mas quando coloquei na portinha do cuzinho dele logo gozei, ele foi me virando bem devagar e lambendo meu butao, ainda estava com medo, ele foi colocando aquele pintao nao portinha do meu cuzinho, foi entrando bem devagar, quando vi apesar da dor ja estava dentro, senti uma coisa gostasa e mandei tudo as favas e comecei a rebolar, que delicia que estava, este bondanbo eu eu rebolando.